Cachaça do Rei no Brasil Cachaça

Brasil Cachaça, o maior evento nacional no segmento de cachaças, nesta edição além da exposição de diversas marcas, ganha ainda mais força nos negócios. Segmentos de cachaças como, produtores de máquinas e equipamentos de produção; empresas prestadoras de serviços para o segmento; empresas e entidades ligadas à promoção e desenvolvimento; órgãos ligados à gastronomia e ao turismo das regiões produtoras, marcaram presença no evento.

Conforme gráfico abaixo da edição 2008, vemos que o perfil de visitantes profissionais no segmento prevalece com mais de 90% acima dos consumidores, 36,7% das visitas por atividade profissional são varejistas e que Portugal e Argetina tiveram o mesmo número de visitas internacionais no evento. Isso prova mais uma vez, que o valor e investimentos atribuído as bebidas destiladas no Brasil realmente tem surtido efeito.

Nesta edição em especial os expositores tiveram a oportunidade de mais do que nunca explorar os negócios e expansão da marca, mirando com prioridade os profissionais  do segmento de bebidas destiladas. Confira abaixo algumas fotos do evento e de um dos expositores, Cachaça do Rei. Visando sempre a expansão no mercado de destilados a Cachaça do Rei, tem buscado através de ações efetivas, atingir cada vez mais o seu público que varia entre apreciadores, degustadores, resorts, órgãos públicos que mantém ligação com o turismo e a gastronomia brasileira, dentre outros segmentos profissionais de bebidas destiladas tanto nacional como internacional. Sobre a Cachaça do Rei

Dando continuidade da produção realizada na Fazenda Santa Cruz, ou Indústria e Comércio de Bebidas Annicchino Ltda – Me, fundada há 10 anos, a Cachaça do Rei ainda utiliza o mesmo alambique que era usado na década de 30 para produzir o chamado “fermento caipira”, no qual usava-se apenas fubá mimoso e farelo de arroz para alimentar o fermento que vem da própria cana colhida crua.

Dentro do ambiente globalizado atual, a Cachaça do Rei busca sempre novos conhecimentos para elevar ainda mais suas qualidades, mantendo o padrão e incorporando as novas tecnologias para estarem aptos para o mercado internacional, como uma bebida artesanal, que não usa conservantes químicos, mantendo sempre a pureza de seus ingredientes. Dessa forma, proporciona a seus apreciadores o sabor da verdadeira cachaça, assim como era produzida há mais de um século.

Estando entre os maiores destaques paulistas, a Cachaça do Rei detém a medalha de ouro, recebida em concurso de análise química e sensorial promovida por profissionais da Universidade de São Paulo (USP) durante o V Brazilian Meeting Chemistry of Food and Beverages, elevando sua qualidade às melhores cachaças do país.

A Cachaça do Rei é comercializada também em países como os Estados Unidos, Alemanha e Japão, refletindo a crescente expansão da cachaça no mercado internacional.

Jhonathan Barreto
Redator
jhonathan.barreto@kmaintegrada.com
KMA Marketing Integrado

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: